A Associação Viva Moema fez um chamamento cívico para os Moemenses participarem da candidatura do Conselho Participativo Municipal, com orientação e esclarecimentos de dúvidas, e assim exercerem sua cidadania.

Este Conselho tem caráter eminentemente público e é organismo autônomo da sociedade civil, reconhecido pelo Poder Público Municipal como instância de representação da população de cada região da Cidade, para
exercer o direito dos cidadãos ao controle social, por meio da fiscalização de ações e gastos públicos, bem como da apresentação de demandas, necessidades e prioridades na área de sua abrangência. É importante a participação do Moemense porque ele fará:

● a defesa da elevação do padrão de qualidade de vida e de sua justa
distribuição para a população que vive na região da Subprefeitura
● a defesa e a preservação do meio ambiente, dos recursos naturais
e dos valores históricos e culturais da população da região da
Subprefeitura;
● a colaboração na promoção do desenvolvimento urbano, social e
econômico da região da Subprefeitura e no acesso de todos, de
modo justo e igualitário, sem qualquer forma de discriminação, aos
bens, serviços e condições de vida indispensáveis a uma existência
digna;
● o desenvolvimento de suas atividades e decisões pautado pela
prática democrática, pela transparência e garantia de acesso
público sem discriminação e ocultamento de informações à
população da região da Subprefeitura;
● o apoio às várias formas de organização e representação do
interesse local em temas de defesa de direitos humanos e sociais,
políticas urbanas, sociais, econômicas e de segurança;
● a não sobreposição à ação de conselhos, fóruns e outras formas de
organização e representação da sociedade civil, desenvolvendo
ação integrada e complementar às áreas temáticas de cada
colegiado;
● o zelo para que os direitos da população e os interesses públicos
sejam atendidos nos serviços, programas e projetos públicos da
região, com qualidade, equidade, eficácia e eficiência;
● a participação popular;
● o respeito à autonomia e à independência de atuação das
associações e movimentos sociais;
● a programação e planejamento sistemáticos.

Como resultado, as cinco (5) vagas para conselheiros representantes do distrito de Moema bem como as cinco (5) vagas para suplentes foram preenchidas em sua totalidade e respeitando a paridade.